sexta-feira, maio 22, 2009

Celebração Para Santa Sara

Estou me preparando para a celebração do dia 24 de maio, domingo próximo: dia de Santa Sara.
E tenho absoluta fé que, em 2010, estarei em Saintes-Maries-de-La-Mer para uma grande celebração, junto com minha família.

Eis uma breve história sobre Santa Sara:
Calcula-se que foi por volta dos anos 50 d.C. que uma barca sem rumo e à mercê de todas as intempéries, atravessou o Mar Mediterrâneo a partir de terras Palestinas levando a bordo, para fugir das perseguições de Roma aos primeiros cristãos, um grupo de personagens bíblicos: Maria Madalena, Maria Jacobé, Maria Salomé e José de Arimatéia, junto com Sara, uma cigana negra, serva das mulheres santas.
Foram atirados ao mar, numa barca sem remos e sem provisões.
Vagaram à deriva por muito tempo.
Desesperadas, as três Marias puseram-se a orar e a chorar.
Daí, então Sara retira o diklô(*) da cabeça, chama por Kristesko (Jesus Cristo) e promete que se todos se salvassem ela seria serva de Jesus, e jamais andaria com a cabeça descoberta em sinal de respeito.
Milagrosamente, a barca sem rumo acabou por aportar em Petit-Rhône com todos salvos.
Petit-Rhône hoje é a tão querida Saintes-Maries-de-La-Mer.
Sara cumpriu a promessa até o final dos seus dias.
Daí, nasceu a tradição de toda mulher cigana casada usar um lenço que é a peça mais importante do seu vestuário: a prova disto é que quando se quer oferecer o mais belo presente a uma cigana se diz: Dalto chucar diklô (Te darei um bonito lenço).

Sua história e milagres a fez Padroeira Universal do Povo Cigano, sendo festejada todos os anos nos dias 24 ou 25 de maio, dependendo do ponto do planeta.
Ocorre procissão e festejos com banhos no mar.
A imagem de Santa Sara é vestida de azul, rosa, branco e dourado, adornada de flores, jóias e lenços coloridos e levada para as águas do mar.
Após o banho de mar, a imagem, volta ao altar onde os que participaram da procissão possam pedir suas graças.
Muitos buscam nos olhos de Santa Sara a obtenção das graças, pois nos olhos de Santa Sara, tudo está contido: a força de Deus, a força da mãe, a força do amor da irmã e da mulher, a força das mãos, a energia, o sorriso, a magia do toque e a paz.
E assim, todos que buscam graças no seu olhar, retornam sempre aos pés de Santa Sara para agradecer.
Embora seja uma santa da igreja católica canonizada no século XVII, até hoje a própria Igreja omite o seu culto.
As razões são óbvias.
Além de trazer saúde e prosperidade, Santa Sara Kali é cultuada também pelas ciganas por ajudá-las diante da dificuldade de engravidar.
Muitas que não conseguiam ter filhos faziam promessas a ela, no sentido de que, se concebessem, iriam à cripta da Santa, em Saintes-Maries-de-La-Mer no sul da França, fariam uma noite de vigília e depositariam em seus pés como oferenda um diklô, o mais bonito que encontrassem.
E lá existem centenas de lenços, como prova que muitas ciganas receberam esta graça.

Em 2006 foi inaugurada uma gruta em Santos (SP) onde há uma imagem de Santa Sara Kali.

A SEDH (Secretaria Especial dos Direitos Humanos) até tentou ajudar criando uma espécie de cartilha que traz os direitos que o governo passa a garantir aos ciganos.
Por exemplo, passou a ser proibido e crime um posto de saúde se negar a atender um cigano.
E isso acontecia sempre.

Entendo que esse é um primeiro passo.
Depois de milênios de perseguição e chacinas pelo mundo, o planeta deve muito a todos os ciganos.
Tá na hora de começar a resgatar tudo.
Sempre pacificamente.

(*) lenço

.

27 Canetadas:

sexta-feira, maio 22, 2009 2:18:00 PM, Blogger gercicristal.blogspot.com disse...

Otima tarde, adorei saber da estoria de santa clara, comemoraremos sim o dia de santa clara conte com minhas orações. bjss

 
sexta-feira, maio 22, 2009 8:13:00 PM, Blogger Ju disse...

olá!!
obrigada pelo comentário!!
realmente, é muito difícil se adaptar!!
mas, infelizmente, necessário!!
:/

 
sábado, maio 23, 2009 7:51:00 AM, Blogger Maysha disse...

Ola amigo Yussef, que bom que voce voltou. Adorei saber a historia de Santa Sara e fico a torcer por si, para que, como deseja, em 2010 esteja com a sua familia na comemoração.
A fé é que nos salva, meu amigo, eu sou devota de Nossa Sra de Fátima e gosto de ir todos os anos ao seu Santuário.
Um beijo para si e um bom fim de semana.

 
sábado, maio 23, 2009 8:31:00 AM, Blogger Dama de Cinzas disse...

Muito interessante essa história da Santa Sara! Meu ex era devoto dela, tem até uma imagem aqui em casa!

Aí fui lendo seu blog e cheguei no vírus Conficker. Eu tenho pânico dessas coisas porque sou lesada em informática.. ehehe... Sabe se os antivírus já estão detectando?

Obrigada pela sua visita!

Beijocas

 
sábado, maio 23, 2009 1:14:00 PM, Blogger Ston disse...

Cara, conheço um cara que batalha pelas questões dos ciganos. A cartilha dos DH já é um avanço.
Salve Sara!!!!
Inté!

 
sábado, maio 23, 2009 1:36:00 PM, Blogger Pedrasnuas disse...

NÃO TE SABIA RAPAZ TÃO DEVOTO! FICO CONTENTE EM SABER.
NÃO LI A HISTÓRIA DA SANTA SARA...MAS QUANDO TIVER TEMPO TENTO VIR LER...FIZ UMA LEITURA ENVIESADA...NÃO É A MESMA COISA

BOA CELEBRAÇÃO

 
sábado, maio 23, 2009 1:45:00 PM, Blogger Dama de Cinzas disse...

Querido! Eu sou uma antaaaaa em informática, pior do que eu só minha mãe que nunca sentou em frente a um PC... ahahaha

Sabe o que é, fiquei mal acostumada com meu ex, que saca muito e resolvia todos meus problemas, agora estou engatinhando pra resolver coisas mínimas...

Mas vou ver se baixo isso que vc recomendou, se bem que naquele link que vc colocou no seu blog eu não achei aquele tal MS(alguma coisa) com os números todos certinhos, tinham vários outros MS

Alguma sugestão?
Qual seu email?


Beijocas

 
sábado, maio 23, 2009 1:46:00 PM, Blogger Dama de Cinzas disse...

meu email é damadecinzas@gmail.com

 
sábado, maio 23, 2009 2:03:00 PM, Blogger Laura disse...

Olá moço, Que historia linda a de sua Santa de devoção...Gostei de elr e saber como são as coisas, mas, o mundod evagarinho mudará e todos seremos irmãos no verdadeiro sentido da palavra, mas, vai levar tempo...Um abraço também para vc..laura..

 
sábado, maio 23, 2009 4:49:00 PM, Blogger Apenas Alguém disse...

ei rapaz
quanto tempo, estou de volta na área
valeu pelos comentários deixado em meu blog
grande abraço
tenha uma boa semana
até mais
Apenas Alguém

 
sábado, maio 23, 2009 11:13:00 PM, Blogger Ricardo Valente disse...

Não tenho muita fé, apesar de sempre gostar de ler histórias de santas e achar show arte barroca. A Santa Sara já conhecia, mas não esses detalhes tão legais que relataste. Fé, admiro quem tem! Abraço!

 
domingo, maio 24, 2009 10:29:00 AM, Blogger EXAGERADO disse...

Olá Yussef
Bom tê-lo de volta!

Minha mãe tem uma imagem de Santa Sara,que ganhou de uns ciganos na década doe 50,quando alguns moraram por uns tempos perto de nossa casa...
Gostei de saber um pouco da "santinha" como eu a chamava.
abraço

 
domingo, maio 24, 2009 11:10:00 AM, Blogger Menina do Rio disse...

Eu não cultuo nenhum tipo de religião, nem sou adepta a nenhuma crença, mas isso por opção. Acho abusrdo que os pré conceitos ainda existam numa sociedade de se diz evoluída...

Um beijo pra ti, meu querido

 
domingo, maio 24, 2009 1:48:00 PM, Blogger elvira carvalho disse...

Boa tarde.
Li com atenção a história de Santa Sara Kali, que eu já conhecia, pois há uns anos atrás a TV globo apresentou uma novela, em que muito se falava e reverenciava a Santa Sara Kali.
Agradeço a visita ao meu cantinho, e sobre o que me perguntou, eu não conheço nada tipo transfer para pintura em vidro. Acontece que eu não tenho qualquer curso, trabalho por intuição e desconheço se essa técnica existe. Faça o seguinte, procure uma boa casa de venda de produtos para artes decorativas, ou mesmo um site na internet, por exemplo o Gato Preto. Explique o que deseja que se houver eles dizem-lhe. A maioria dos materiais para artes decorativas que se vendem em Portugal vêm do Brasil ou de Espanha. Gosta de vitrais? Aí já você aplica o desenho do vitral na parte de baixo do vidro e pinta na parte de cima seguindo o desenho.
Um abraço e boa sorte.

 
domingo, maio 24, 2009 10:05:00 PM, Blogger Carolina disse...

Puxa yussef, não sabia sobre esta Santa. Gostei da história, vou atrás de mais detalhes e boa sorte pra você no ano que vem. Que teu desejo se realize. A mente domina a matéria, lembre disso!

bjos meus

 
domingo, maio 24, 2009 10:41:00 PM, Blogger Babi Mello disse...

Olá Yussef, fico feliz que tenha gostado do meu blog, pode me visitar sempre e gostei muito da história da Santa. Existem tantas e nem sabemos a história delas.
Bj!

 
segunda-feira, maio 25, 2009 8:11:00 AM, Blogger Mauri Boffil disse...

Foi ontem... Eu não conhecia essa santinha!
Abração!

 
segunda-feira, maio 25, 2009 5:41:00 PM, Blogger Lúcia Machado disse...

...de passagem rápida, só para agradecer as suas palavras... bem vindo de volta, -
:-) e voltarei concertaza para ler com calma este seu texto
beijinho

 
segunda-feira, maio 25, 2009 6:48:00 PM, Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Yussef!
Que bom que voltou!
Foi ótimo conhecer a história de Santa Sara.
Beijo.

 
terça-feira, maio 26, 2009 10:50:00 PM, Blogger Bela disse...

Oi Yussef,
Muito feliz com seu regresso!
Desejo que alcance seu desejo em 2010 família é tudo.
Linda a história de Santa Sara.
Obrigada pelo belíssimo post.
Abraços moço ;)

 
quarta-feira, maio 27, 2009 1:19:00 PM, Blogger P. disse...

Olá, Yussef!

De fato se trata de um texto cujo autor estava perturbado ao escrever, mas este não sou eu. Digo isto porque acontece muito de visitarem o www.delirioemprosa.blogspot.com e pensarem que escrevi as postagens, quando na verdade são todas derivadas de livros que li ou estou lendo. Agora, se você se deu conta disso e eu é que interpretei mal seu comentário, peço que releve hehe

Não conhecia a santa, quanto menos a sua história. É muito singela, gostei muito. E, bem, apesar de estar longe, boa viagem ano que vem!

Obrigado pelo retorno; desculpe por eu demorar a fazê-lo também.

Abraços

 
quarta-feira, maio 27, 2009 1:20:00 PM, Blogger P. disse...

Ah!

Caso seja do seu interesse, aqui está o meu blog de postagens-não-derivadas-de-livros rs

http://pausaparaumcafezinho.blogspot.com/

 
quarta-feira, maio 27, 2009 6:50:00 PM, Blogger PALAVRAS AO VENTO disse...

Muito legal esta história, gostei de conhecer.
ABraços

 
quarta-feira, maio 27, 2009 7:10:00 PM, Blogger Vladir Duarte disse...

Cara, se entendi bem, você é Cigano!!! Legal isso...

Realmente, não sabia (nem imaginava) que havia perseguição e discriminação com relação aos Ciganos. Mas, pensando bem, porque não haveria, não é? Nesse mundo em que se persegue e discrimina tudo e todos, os Ciganos não seriam exceção!

Ainda bem que as coisas estão mudando!

valeu.

 
quarta-feira, maio 27, 2009 7:35:00 PM, Blogger Cristine disse...

Adoro conhecer culturas diferentes. E fico indignada com a falta de tolerância das pessoas, em face do que é diferente. Nem melhor, nem pior... apenas diferente.
E assim é a cultura cigana, exótica, única, alegre, bela...

 
quinta-feira, maio 28, 2009 2:01:00 AM, Blogger Rayana disse...

Bela história da Santa Sara e da devoção das ciganas a ela! talvez tenhamos que pedir ajuda pros céus... não entendo a intolerância: seja ciganos, negros, judeus etc. A gente já viu tanta coisa ruim acontecer por causa disso e não aprende! Chego a duvidar da inteligência de alguns seres humanos...
Fique à vontade para visitar ternurataosimples.blogspot.com !
bj.

 
quarta-feira, junho 17, 2009 1:30:00 PM, Blogger Tarci disse...

Oi querido, olha eu por aqui.
Aconteceu uma coisa muito interessante comigo.
Eu estava no dia 24, olhando umas páginas na net, adoro ler horoscopos. E abri um blog que tinha umas orações. Havia as imagens dos santos e a gente clicava e abria as orações.
Eu cliquei na primeira que me chamou atenção, mesmo pq os outros eu já conhecia ( Santo Antonio, Santo Expedito, etc ...). Abri pra ler a oração, e achei fortíssima e linda, aí fui buscar no pai dos ignorantes ( google) quem era ela, e descobri que era seu dia. Claro que eu fiz a oração como mandava e fiz meus pedidos, pq não abri aquela página por acaso.
Por aqui onde moro nunca ouvi falar dela.

 

Postar um comentário

<< Voltar para Página Principal