domingo, abril 05, 2009

Sobre Sarita I

Hoje eu me lembrei da Sarita.
É uma mulher forte e poderosa.
Ela tem sempre um ar sóbrio, mas não chega a ser sisuda.
Faz um mês que não nos encontramos.
Sempre gosto de conversar com ela.
Lembrei de uma vez em que um tal de Ivan a procurou.
Aproximou-se de Sarita, cumprimentou e ela franziu a sobrancelha como a perguntar o que ele queria.
Ela mansamente olhava para ele.
- O que quer, filho? – perguntou Sarita.
- Tenho uma questão, senhora. – respondeu ele.
- Sim? - sempre com a voz maternal.
- Como posso ver minha própria natureza? – quis saber Ivan.
Ela olhou bem nos olhos dele e falou:
- Isso é igual a uma casa com seis janelas e um macaquinho dentro.
O olhar dele foi de perdido. E ela continuou:
- Se uma pessoa chamar o macaco, estando do lado de fora, quando ele responder, o som sairá pelas seis janelas.
Fiquei pensando naquilo e quando fui falar com ela eu quis saber qual o sentido daquelas palavras.
Ela me olhando fundamente nos olhos explicou:
- Nós temos seis sentidos: a visão, a audição, o tato, o paladar, o olfato e o pensamento.
Mas será que o mundo deles é o real?

Devo ter ficado mais pensativo ainda e ela arrematou:
- Se superarmos as limitações próprias dos nossos sentidos, usando nossos ouvidos para ver e nossos olhos para ouvir, tudo se tornará claro.

.

36 Canetadas:

domingo, abril 05, 2009 9:07:00 PM, Blogger Pedrasnuas disse...

Basta usar o que temos...às vezes andamos cegos ,surdos e mudos...depende das circunstãncias...

Um beijo ó miúdo

 
domingo, abril 05, 2009 9:51:00 PM, Blogger Bela disse...

É, tudo está ali, sempre, mas tem um ingrediente que faz diferença na clareza às vezes, o tempo.
Boa semana.
Um grande abraço.

 
domingo, abril 05, 2009 11:46:00 PM, Blogger Debora Giangiarulo disse...

Que difícil e necessário o "olhar para dentro", usar nossos sentidos a nosso favor...para mim, vem como um exercício diário...
Um beijo do bloco!

 
segunda-feira, abril 06, 2009 12:39:00 PM, Blogger Vladir Duarte disse...

Verdade isso. Não sabemos quem somos... a "imagem" que temos de nós mesmos é distante do real... somos escravos dos nossos sentidos e nos limitamos ao básico deles.

Valeu!!!

 
segunda-feira, abril 06, 2009 6:31:00 PM, Anonymous Anônimo disse...

Só que é difícil demais olhar pra dentro da gente e buscar quem somos de verdade.
E olha que eu sou o tipo de pessoa que gosta disso de ficar quieta no meu canto com meus pensamentos.

Só que descobrir quem verdadeiramente somos não é tarefa simples. É difícil pra gente aceitar que temos defeitos que não gostaríamos de ter. Então quando a gente começa a se deparar com coisas que não nos agradam a gente desiste da busca interior. Bem pelo menos eu penso isso.


Bjos!
Vim fazer uma visita.
Tarci do Mente Insana.
http://ment-insana.blogspot.com

 
segunda-feira, abril 06, 2009 9:36:00 PM, Blogger José Luiz disse...

Quanta sensiilidade!
O mundo precisa de gente assim. Continue.

 
terça-feira, abril 07, 2009 11:34:00 AM, Blogger T@rci disse...

Ah só uma perguntinha que não quer calar rsrs toda vez que venho aqui penso em te perguntar isso. De onde você é ... Esta foto do seu perfil me lembra muito alguém ....

Sempre que venho aqui penso em te perguntar isso.
Bjos!

 
terça-feira, abril 07, 2009 12:57:00 PM, Blogger T@rci disse...

É que vc me lembra muito um amigo meu da faculdade.
E como a sua foto está meio embaçada, e deve ser propositalmente, fiquei pensando que poderia ser.
Bjos!

 
terça-feira, abril 07, 2009 2:46:00 PM, Anonymous Anônimo disse...

Eu sou fisioterapeuta.
Chocolate é sempre bem vindo rsrs
E como é só nesta época que tem ovos de chocolate eu sempre exagero na dose rsrs
Mais eu sou uma chocolatra assumida, qq hora é hora pra comer chocolate, basta dar vontade rs*.


Tarci do mente insana.

 
terça-feira, abril 07, 2009 5:18:00 PM, Blogger Lomyne disse...

Eu ainda vou a outra pergunta: isso importa? Porque eu nunca soube de alguém infeliz enquanto é enganado (mesmo que seja por seus sentidos), só vejo pessoas tristes quando alguém vai lá e estraga a ilusão... Talvez não seja tão ruim, afinal...

Quanto ao seu comentário, que bom que entrou no blog, a frase um tanto grosseira no perfil serve realmente para desestimular quem só procura acessos. Prefiro crer que tenho espírito mais crítico que observador, porque não escrevo sobre coisa alguma sem emitir opinião.

Quanto ao meu estilo rédea solta, repare bem que eu só ameaço de dar uns xingões, quase sempre pela mesma razão, diga-se de passagem: discurso de pseudo-intelectual.

Será bem-vindo sempre que quiser. Já diz o pacote da padaria, obrigada, volte sempre. ;-)

 
terça-feira, abril 07, 2009 6:24:00 PM, Blogger Maysha disse...

Venho agradecer a visita e desejar uma Páscoa feliz.
Ate breve e um beijo
Isa

 
quarta-feira, abril 08, 2009 12:02:00 AM, Blogger Carolina disse...

A única certeza que temos é que a percepção nem sempre é a realidade. E baseado nisto somos uma coisa até virar outra. Somos mutantes. É fato.
Bom vi te ver, gostei do que vi e volto sempre que puder. Gostei da visita, aparece pra gente bater um papo e tomar um café, ok? Mi casa su casa.
Bjos queridos pra ti!

 
quarta-feira, abril 08, 2009 8:07:00 AM, Blogger Lúcia Machado disse...

Obrigada pela visita :)

..."um barco pequenino" que se transformou num navio no meu mar...

Boa Páscoa para si também :)

 
quarta-feira, abril 08, 2009 1:47:00 PM, Blogger Marta Gaino disse...

Olá, agradeço sua visita. Como já foi dito: "seja bem vindo e volte sempre"...

Para mim o pensamento é a alma da palavra. Então, se as palavras podem ser como adagas, o pensamento pode a um só golpe cortar-nos e nos fazer sangrar até que tenhamos coragem de agir e fazer parar a dor que nos incomoda.

Abraços,
Marta

 
quinta-feira, abril 09, 2009 4:37:00 AM, Blogger Rafeiro Perfumado disse...

Que raio de construtor foi esse, que fez uma casa com seis janelas e nenhuma porta? É que de nada vale ter sentidos se não os soubermos canalizar para o exterior.

Abraço!

 
quinta-feira, abril 09, 2009 4:41:00 AM, Blogger Avid disse...

Olhar p dentro ainda se torna complicado p a maioria de nos...e para olhar o mundo com perfeicao antes, precisamos saber ser... o que somos.
Bjs meus

 
quinta-feira, abril 09, 2009 6:51:00 AM, Blogger gaivota disse...

obrigada pela visita, e esta sarita que aqui trazes viverá num mundo real?!?!?...
e quem vive???
uma páscoa feliz
beijinhos

 
quinta-feira, abril 09, 2009 10:43:00 AM, Blogger BC disse...

Obrigada mais uma vez pela tua visita.
Abraço
Isabel

 
sexta-feira, abril 10, 2009 1:11:00 PM, Blogger Isabel disse...

Olhar-se para dentro, descobrir 0s 7 sentidos incluo a intuição não é tarefa facil, pois isso é assumir .
Abraços!

 
sábado, abril 11, 2009 4:31:00 AM, Blogger Marta disse...

Nem sempre é fácil olharmos para dentro de nós próprios...Temos medo do que vamos encontrar lá dentro..
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

 
domingo, abril 12, 2009 7:30:00 AM, Blogger Nilson Barcelli disse...

Caro Yussef, obrigado pela sua visita. Volte sempre...
Gostei imenso do seu blogue. Aborda temas variados e com interesse. Para além disso agrada-me a sua forma de se expressar através das palavras.
Abraço.

 
domingo, abril 12, 2009 3:58:00 PM, Blogger Baby disse...

É isso mesmo, Yussef, não basta ter 5 sentidos, seis, segundo a Sarita, é preciso saber usá-los, para nos conhecermos a nós e aos outros.
Quanto a mim, foi um prazer conhecer-te, a ti.
Volta sempre.
Um beijo.

 
quarta-feira, abril 15, 2009 3:40:00 PM, Blogger alcinda leal disse...

As viagens interiores são mais complicadas que aquelas em que se toma um avião, um carro ou um comboio...
Às vezes levam-nos a passeios que não queriamos fazer...
Mas concordo que devemos usar os sentidos, juntar-lhe o pensamento e o sentimento...pode então ser uma excelente viagem!
Cumprimentos
Alcinda

 
quarta-feira, abril 15, 2009 4:29:00 PM, Blogger Vênus disse...

Olá,Yussef

Perceber nossa própria natureza é algo infinitamente difícil.Às vezes fico pensando se as outras pessoas ouvem como eu,veem como eu,já que não falam nem pensam como eu...
Enfim,só podemos saber daquilo que pensamos que somos,mas jamais o que realmente somos.
Obrigada pela visita.Volte sempre!
Beijo

 
quarta-feira, abril 15, 2009 9:17:00 PM, Blogger Luciana disse...

É verdade. E às vezes nos vemos tão limitados...

Obrigada pela visita em meu blog e seja sempre bem vindo!

Gostei daqui!

Beijos!

 
quinta-feira, abril 16, 2009 2:19:00 PM, Blogger Dú Karmona disse...

se olharmos com os 'olhos da alma' chegaremos bem próximos do q somos...
bj na alma! ps.: obrigada pela visita.

 
sexta-feira, abril 17, 2009 10:01:00 AM, Blogger Axel Pliopas disse...

Em termos filosóficos:

- nessa discussão sobre sentidos e realidade, não vejo um modo pelo qual seja possível responder DEFINITIVAMENTE à questão de "se o que os nossos sentidos percebem lá fora é REALMENTE a realidade". Tipo, as outras pessoas existem ou estou sonhando? Sou um alienígena numa mesa de cirurgia tendo um devaneio bizarro ou sou realmente esse humano que penso ser? Meu cérebro está numa caixinha em algum lugar recebendo por fios um "mundo imaginário"? Teoricamente, "é possível". Mas, como temos que fechar uma decisão prática, aplicamos o mesmo raciocínio de uma liminar... por hora, é prudente dar um voto de confiança aos sentidos, já que é o melhor que temos por base pra inferir como é o mundo.

Em termos mais poéticos:

- racionalizar menos e prestar mais atenção nos impulsos dos sentimentos do mundo, venham de quais sentidos vierem, sem dúvida leva a uma "visão" mais completa do mundo, a uma percepção mais significativa não daquilo que "é" no mundo, enquanto "existir", mas daquilo que "é" no mundo, enquanto humano...

 
sexta-feira, abril 17, 2009 1:43:00 PM, Blogger Nilson Barcelli disse...

Da vez anterior não comentei este seu texto. Achei-o muito bom, inteligente.
A gestão dos sentidos é essencial para muitas coisas...
Bom fim-de-semana,
Abraço.

 
domingo, abril 19, 2009 4:28:00 PM, Blogger Extase disse...

Sarita é de verdade.....?
Gostaria de conher uma mulher sóbria que não fosse de toda a sisudez

 
domingo, abril 19, 2009 8:13:00 PM, Blogger Juliana Oliveira disse...

-Obrigada pela visita, contribuição.
É muito dif´cil ser escritora amadora, bem que eu tento rsrsrs
Pelo que eu li, vc já tem a receita. Tbm gostei do teu, inovador.
Valeu, abraços

 
segunda-feira, abril 20, 2009 10:57:00 PM, Blogger Mirian disse...

Oi Yussef,
Obrigada pela visita no Best Music Bar None. Que bom que voce gostou. Volte sim e veja o final da pagina de frente, tem uma surpresa no final! :)

Seu blog é muito bem feito depois voltarei com calma para ler.

Abraço!

 
terça-feira, abril 21, 2009 10:52:00 AM, Blogger Niseloka disse...

gostei do post falando sobre o vírus.

 
sábado, abril 25, 2009 7:11:00 PM, Blogger CLAUDIA GOULART disse...

Muito bom!
As vezes usamos os ouvidos o que queremos e nem sempre conseguimos enxergar o que está a nossa frente.
Sempre é bom lembrar que temos muitas opções!
abraço

 
segunda-feira, abril 27, 2009 8:49:00 AM, Blogger José Luiz disse...

Amigo, essa Sarita é de outro mundo. Precisávamos de mais exemplares assim pelos mais diversos rincões deste país.

Valeu!

José Luiz

 
quarta-feira, abril 29, 2009 1:11:00 PM, Blogger Flavia Melissa disse...

Ok, sou fã da Sarita!
Hahahahaha

beijo grande.

 
terça-feira, maio 05, 2009 5:28:00 PM, Blogger Alerkina disse...

Uau!!!
Estou sem palavras...
Sarita definitivamente é fascinante e sábia?!
Amei, amei, amei...

 

Postar um comentário

<< Voltar para Página Principal